(45) 3025-3222 / 3031-1915 / 3031-1869

Carreata marca mobilização no Dia Estadual de Combate ao Feminicídio em Foz do Iguaçu

Uma carreata marcou a mobilização no Dia Estadual de Combate ao Feminicídio em Foz do Iguaçu, promovida pelas comissões da Mulher Advogada (CMA) e dos Estudos de Violência de Gênero (CEVIGE), da Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção de Foz do Iguaçu.

O Dia foi instituído pela Lei 19.873/2019 em memória à morte violenta da advogada Tatiane Spitzner, ocorrida há exatamente dois anos. O feminicídio e as demais formas de violência contra a mulher são um problema gravíssimo e de longa data, mas que têm se intensificado na pandemia tendo em vista que as mulheres, limitadas ao convívio familiar, permanecem mais tempo com os agressores.

O cenário atual de pandemia e o isolamento social impedem a realização de eventos relacionados ao tema que aglomerem pessoas, mas é fundamental intensificar as campanhas informativas a respeito dos canais de denúncia e de apoio à mulher em situação de violência.

A carreata saiu da frente do Fórum Estadual com destino ao Mastro da Bandeira Nacional na Avenida Brasil, passando pela Rua Rosa Cirilo de Castro; Avenida Paraná; Avenida República Argentina; Avenida Brasil até esquina com Avenida Jorge Schimmelpfeng.

O evento contou com o apoio da Patrulha Maria da Penha, Secretaria Municipal de Direitos Humanos, Centro de Referência em Atendimento à Mulher em Situação de Violência (CRAM), representantes da sociedade civil, a Dra. Adriana Vasconcellos Dandolini, presidente da Comissão da Mulher Advogada, da Dra. Carolina Rithie, presidente da Comissão dos Estudos de Violência de Gênero (CEVIGE), do Dr. Eduardo Apolinário, delegado da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA-PR) de Foz do Iguaçu e do Dr. Neandro Lunardi, presidente da Subseção da OAB/FI.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram