(45) 3025-3222 / 3031-1915 / 3031-1869

Conselheira da OAB/FI lança o livro Daño Moral

A advogada Angelica Tatiana Tonin, Conselheira da OAB/PR Subseção de Foz do Iguaçu, lançou o livro “Daño Moral, Interpretación desde uma perspectiva semiótica”, em evento realizado na sede da Instituição, na sexta-feira, 15. A obra faz uma interface entre o direito e a semiótica, convidando o leitor a pensar o direito de forma ampla e atual através de uma inter-relação entre o direito e a linguagem.

Resultado do trabalho de doutorado da pesquisadora, o livro, com adaptações para uma obra comercial, apresenta uma interpretação do dano moral como violação do direito constitucional e que, justamente por isso, reflete no coletivo. “Pretende-se dar interpretação ampla ao dano moral, considerando todos os anseios da sociedade em si, buscando maior alcance ao direito aplicado e mais satisfação para a sociedade”, relata Angelica.

Advogada, especialista em Direito Processual Civil – Mestre em Direito das Relações Sociais e Doutora em Ciências Jurídico-Sociais pela UMSA, Buenos Aires, Argentina, Professora titular da Associação Educacional Iguaçu – CESUFOZ desde 2005 e Conselheira da OAB/FI desde 2010, Angelica ressalta que o livro busca, ainda, “uma análise da responsabilidade civil relativamente a quantificação do dano moral sob uma hermenêutica plúrima, buscando uma interpretação mais próxima da realidade, considerando para tanto, a existência de um dano moral individual como um dano coletivo, sob uma matriz epistemológico atual, com a quebra de paradigmas positivistas e a existência de uma comunidade sígnica a qual permita, baseada em uma interpretação sistêmica da sociedade e sob a luz da semiótica, obter uma análise real do contexto atual, para alcançar uma justa reparação para o dano moral suportado”.

Na abertura do evento, o Dr. Valter Cândido Domingos, presidente da OAB/FI, parabenizou a Conselheira da Subseção de Foz do Iguaçu, pela realização de um sonho e conclusão do doutorado. “O livro aborda um tema, de certa forma, banalizado por todos, até mesmo pela justiça, e apresenta uma nova visão do dano moral, uma nova perspectiva fora da área jurídica e também da semiótica.  Temos certeza que esse trabalho demandou muitas horas de pesquisa, muito estudo, e tudo isso conciliando as responsabilidades do escritório, com a família e outros afazeres. Estamos muito felizes com a conquista de nossa colega, que beneficia a todos”, enalteceu Dr. Valter.

Confira as fotos do evento:

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram